castelo osaka

O Castelo de Osaka foi mandado erigir pelo chefe militar Toyotomi Hideyoshi no decorrer do século XVI, entre 1583 e 1598, para sua autopromoção e como forma de celebrar o triunfo total do militarismo sobre o poder religioso organizado, revelando simultaneamente os gostos pessoais do seu encomendador e os meios que este tinha ao seu dispor.

O general que construiu este castelo, no norte da cidade de Osaka, era um homem de origens humildes, que ficou célebre por ser o principal responsável pela unificação do território japonês durante o período Azuchi Momoyama.

Originariamente denominado como Ozakajo, é um dos castelos mais famosos do país. O castelo encontra-se numa área com cerca de um quilometro quadrado. Foi erguido sobre duas plataformas preenchidas de terra, com muralhas de pedra aparelhada, cercado por um fosso inundado, à semelhança dos castelos europeus. O edifício central possui cinco andares na parte exterior e oito no interior. Foi construído por cima de uma alta fundação de pedra, de forma a proteger os seus ocupantes dos ataques que poderiam vir do exterior. É um popular ponto de atração durante a estação dos festivais, e especialmente durante a época das cerejeiras em flor, quando os campos do castelo se cobrem com vendedores de comida e percursionistas de taiko. Os jardins também acolhem uma grande arena coberta Osaka-jo Horu, o Santuário Toyokuni dedicado a Toyotomi Hideyoshi e um museu histórico contendo objetos e documentos referentes à história do castelo e à família Toyotomi. O sétimo andar oferece uma vista geral da cidade. Fica aberta ao público das 9:00 h às 16:30 h (até às 20:00 h durante o verão).

Curiosidades de Osaka:

  • Osaka era, antigamente, uma cidade de administração imperial. Portanto, trata-se de uma localidade que possui muitos mausoléus de imperadores.

  • O túmulo do imperador Nintoku, que foi o 16º imperador do Japão, situado na cidade de Sakai, é o maior túmulo do Japão.

Tradutor

 
 

Chat Box