sake

Saquê (Sakê) é uma bebida tradicional do Japão, obtida com a fermentação do arroz, tomada geralmente quente e no começo da refeição. Relata-se que a primeira produção de saquê tenha ocorrido no século III, em Nara, antiga capital japonesa. A bebida é produzida por diversas regiões do país, mas a que tem a fama de fabricar o melhor saquê é o distrito de Fushimi, em Kyoto, a onde é descrito como uma bebida nobre.

A bebida é tão valorizada que é oferecida aos deuses xintoístas, e também é servida em ocasiões especiais como ano novo, casamentos, inaugurações de lojas e comemorações. Mas o saquê está presente também na mesa dos japoneses como uma bebida popular.

Existem hoje cerca de 1.600 fabricantes de saquê no Japão. Este é produzido de 80% de água e de arroz de boa qualidade. Do arroz se retira a matéria prima para a sua fabricação, o koji, resultante da remoção do amido e do excesso de óleo e proteínas contidos no arroz. O koji é misturado ao arroz vaporizado até formar o shubo, uma pasta de grãos.

A melhor temperatura para o saquê ser consumido é de 35°C. Mas pode ser tomado em temperaturas superiores ou inferiores, de acordo com as estações do ano. Quando aquecido a uma temperatura de até 45°C, o saquê é conhecido por kan, já resfriado é conhecido por higa.

Existe um ritual especial à mesa para tomar o sake. Levante o seu copinho para receber a bebida, servida sempre por seu vizinho de mesa, apoiando-o com a mão esquerda e segurando-o com a direita. É imprescindível que você sirva o seu vizinho de mesa porque não é de bom tom servir a si próprio. O copo de sake deve sempre ficar cheio até o final da refeição. A tradição manda fazer um kampai (brinde), esvaziando o copinho num só gole. É sinal de hospitalidade e atenção.

Tradutor

 
 

Chat Box